Laserterapia

Tratamento do Trismo radioinduzido

O Trismo é uma limitação de abertura bucal ou contração tônica dos músculos da mastigação cuja a etiologia pode estar associada a diversos fatores tais como: disfunção temporo mandibular, doenças infecciosas na mandíbula, complicações pós – exodontias e tratamento radioterápico.

Apresenta-se como um dos efeitos colaterais mais comuns da radioterapia em região de cabeça e pescoço.

A fotobiomodulação atua estimulando o relaxamento muscular sendo aplicada em toda a musculatura afetada melhorando a sintomatologia dolorosa e aumentando e melhorando os movimentos de abertura e fechamento bucal.


AGENDE UMA CONSULTA


USE O FORMULÁRIO E ENTRE EM CONTATO PARA MAIS INFORMAÇÕES.

7 + 8 =

Tratamento da Xerostomia

A xerostomia é uma condição clínica caracterizada pela diminuição do fluxo salivar. Sua presença compromete a fisiologia do sistema estomatognático. Sendo a radioterapia para tratamento de neoplasias malignas da região de cabeça e pescoço uma das formas de tratamento mas que pode levar a várias complicações, sendo a xerostomia uma das mais prevalentes.

A laserterapia de baixa potência atua aumentando e estimulando o fluxo salivar devido ao seu efeito bioestimulador melhorando a qualidade de vida do paciente.

Tratamento da Radiodermites

A pele é um órgão extremamente radiossensível devido às suas características de alta proliferação e oxigenação tecidual. A exposição à radiação ionizante altera a camada de células basais epidérmicas e o processo de maturação, proliferação e renovação celular causando a chamada Radiodermite ou radiodermatite.

Os pacientes submetidos à radioterapia para câncer de cabeça e pescoço sempre apresentam algum grau de radiodermatite ao longo do tratamento, com tempo médio de ocorrência de 11 dias.

A fotobiomodulação promovida pelos lasers de baixa potência vermelho e infravermelho reduz a inflamação e acelerar a cicatrização das feridas decorridas da radioterapia melhorando a qualidade da derme deste paciente.

Tratamento da Paralisia Facial de Bell

A paralisia facial de Bell é definida como uma paralisia periférica do nervo facial, do tipo idiopática e de início repentino. É considerada a causa mais comum de paralisia a este nervo.

A fotobiomodulação é realizada para a obtenção de um aumento da amplitude dos potenciais de ação (estimulação da função nervosa) e pela capacidade de acelerar a regeneração de estruturas nervosas.

Tratamento de Estomatite Infantil

A estomatite infantil é uma infeção viral bastante comum e traumática para as crianças. É caracterizada por múltiplas feridas bucais, febre e mal estar, que impossibilitam a criança de se alimentar, impactando muito a sua saúde e sua qualidade de vida.

A fotobiomodulação é extremamente eficaz no controle imediato da dor causada pela estomatite infantil devido ao potencial analgésico e anti-inflamatório, além de acelerar a cicatrização das lesões e a recuperação rápida das crianças, quando comparada aos tratamentos convencionais.

Tratamento Auxiliar da Alveolite

A exodontia (extração de dentes) é um procedimento de rotina da cirurgia bucal. Entre as complicações pós operatórias mais comuns a esse procedimento cita-se a alveolite.

Ela é definida por uma dor pós operatória em torno do local da extração, com o aumento da sua severidade em qualquer momento entre o primeiro e o terceiro dia após a extração dentária podendo apresentar desintegração parcial ou total do coágulo sanguíneo dentro do alvéolo.

As condições locais são caracterizadas por perda inicial ou necrose do coágulo sanguíneo e odor desagradável. A aPDT irá auxiliar na descontaminação da área alveolar sendo realizado usando o laser de baixa potência e o azul de metileno a 0,01% (corante) para que ocorra um efeito antimicrobiano potencializando a eliminação dos micro organismos patogênicos no interior do alvéolo

Tratamento da Parestesia

A parestesia é um distúrbio neuro sensitivo causado por uma lesão no tecido neural. Acomete principalmente os nervos mentual, lingual e alveolar inferior.

É decorrente de fatores como cirurgias odontológicas, fraturas mandibulares e bloqueios anestésicos. A fotobomodulação auxilia na regeneração nervosa periférica proporcionando a recuperação sensitiva melhorando a qualidade de vida do paciente.

Tratamento Auxiliar a nevralgia do trigêmeo

Com um nome até que pouco conhecido entre leigos, a nevralgia do trigêmeo é uma doença comum no Brasil entre as patologias neurológicas e está entre as piores dores do mundo.

Consiste em uma dor intensa na face sendo seu quadro de dor associado diretamente a um nervo craniano, o trigêmeo. Ele apresenta função motora e sensitiva sendo responsável pela sensibilidade desta região.

A nevralgia trigemial é uma doença classificada como uma dor crônica pois perdura por mais de três meses. Ela costuma ser incapacitante, ou seja, pode afastar o paciente de suas atividades sociais e profissionais.

A fotobiomodulação atua de forma efetiva nesta situação clínica otimizando a atividade mitocondrial, modelando a informação nociceptiva aferente, alterando excitabilidade e a condução neural, assim como a modulação do processo inflamatório melhorando a qualidade de vida do paciente.

Tratamento Auxiliar ao Líquen Plano Oral

O uso do Laser de baixa potência tem efeito anti-inflamatório, analgésico e propriedades biomoduladoras sendo utilizado no tratamento de diversas condições clínicas onde uma delas é o Líquen Plano Oral. Essa manifestação clínica se caracteriza por uma inflamação crônica de revestimento na cavidade bucal que provoca o surgimento de lesões brancas ou avermelhadas muito dolorosas, sendo muito parecidas com as aftas.

Por se tratar de uma doença autoimune ou seja, as células acabam agindo contra o próprio organismo esta doença não pode ser transmitida, não existindo chance de contaminação.

O líquen plano não tem cura. Seus principais sintomas são: manchas esbranquiçadas na boca, manchas inchadas, vermelhas e dolorosas, feridas abertas na boca, semelhantes a aftas, sensação de queimação na boca, sensibilidade excessiva para comida quente, ácida ou picante, inflamação das gengivas, dificuldade para falar, mastigar ou engolir. A laserterapia de baixa potência atua controlando e aliviando os principais sintomas através do seu poder de biomodulação no organismo humano.

Tratamento de Peri-Implante

O laser de baixa potência tem o seu uso indicado na Implantodontia por seu efeito na bioestimulação dos tecidos, favorecendo a osseointegração, sendo este o seu principal efeito desejado.

A laserterapia acelera a formação óssea sobre a superfície de titânio dos implantes, possibilitando uma maior confiabilidade na aplicação das forças mastigatórias sobre o conjunto prótese/implante.

A aplicação do laser de baixa potência logo após o procedimento cirúrgico de instalação e na sessão pós operatória subsequente vai dar mais conforto aos pacientes e acelera processos de reparação e cicatrização atuando também como auxiliar no tratamento da peri-implantite, realizando a descontaminação da superfície do implante por meio da terapia fotodinâmica antimicrobiana.

Tratamento da Herpes Labial

Com a chegada da primavera e o aumento do calor, muitas pessoas acabam por abusar do sol, sendo este o principal vilão para quem tem herpes simples.

A exposição a essa situação pode resultar em uma nova crise da doença que começa com uma coceira incômoda nos lábios, na pele ao redor da boca ou no interior dela, até formar lesões com aspecto de pequenas vesículas cheias de líquido.

A enfermidade causada pelo vírus do herpes simples (HSV-1) não tem cura mas seu tratamento atual apresenta um forte aliado: o laser terapêutico, já usado para tratamento pelos dentistas nas especialidades odontológicas. A laserterapia reduz a carga viral, acelera a cicatrização, alivia a dor e repara os tecidos traumatizados.

Tratamento de Canal com a PDT

Um dos grandes desafios da endodontia (tratamento de canal) é o controle bacteriano intracanal para resultar em um tratamento endodôntico satisfatório.

A terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) aparece como uma grande aliada ao tratamento endodôntico tradicional, reduzindo significativamente a quantidade de microorganismos patogênicos intracanais e contribuindo para a solução de casos, principalmente na presença de infecções resistentes. A técnica atua de forma comprovada como auxiliar ao tratamento endodôntico convencional sendo de fácil acessibilidade.

Vantagens da Laserterapia em Odontopediatria

O laser de baixa potência possui efeito analgésico, anti-inflamatório e biomodulador (capacidade de estimular as células a se reorganizarem). Na odontopediatria suas ações não são diferentes, a fotobiomodulação atua como importante ferramenta auxiliar nos tratamentos odontopediátricos convemcionais e são muito bem aceitos pelas crianças.

Na clínica odontopediátrica é utilizada em estomatites, redução dos sintomas da erupção (nascimento) dentária, analgesia pré-anestésica, aftas, herpes labial, queilite angular (inflamação do canto dos lábios), trismos (contrações involuntárias), hipersensibilidade dentinária, traumas dentários, pós operatórios, descontaminação intracanais e de cáries dentárias.

É importante salientar que recentemente a fotobiomodulação tem sido aplicada em casos de parestesias de face normalmente decorrentes de pequenas quedas muito comuns na primeira infância, levando a fibrose que às vezes não respondem aos tratamentos convencionais. O laser de baixa potência além de funcionar como tratamento auxiliar, visa proporcionar maior conforto para os pacientes pediátricos sendo muito bem aceito pelas crianças e família do paciente.

Benefícios da Laserterapia na Ortodontia

A utilização da laserterapia de baixa potência vem se tornando cada vez mais frequente na clínica odontológica trazendo benefícios aos pacientes nas diversas especialidades odontológicas.

A Ortodontia é uma das especialidades odontológicas que também se beneficia dos efeitos da fotobiomodulação mesmo esta terapia ainda não estando bem difundida entre os especialistas da área.

Pode-se utilizar a laserterapia de baixa potência em ortodontia com as finalidades de reparação óssea após a expansão rápida de maxila, dor durante a movimentação ortodôntica, auxílio na movimentação dentária durante o tratamento proposto e reparo nas úlceras traumáticas originadas pelos acessórios ortodônticos.

Na Ortodontia, a fotobiomodulação apresenta suas indicações contribuindo como auxiliar a evolução do tratamento, ocasionando benefícios para o profissional e para o paciente.


Dúvidas sobre “LASERTERAPIA”

ENTRE EM CONTATO COM NOSSA EQUIPE 🙂

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK
INSTAGRAM



Disponibilizando tecnologias modernas e profissionais preparados para realizar desde uma simples restauração até uma reabilitação oral completa!



HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Nossa Clínica está aberta durante toda a semana:

Seg à Qui: Das 08h às 20h

Sextas: Das 08h às 19h

Sábados: Das 08h às 12h


FALE CONOSCO

Tire suas dúvidas e marque a sua consulta!

(11) 4228-3879
(11) 2759-0138
(11) 96953-6028
(11) 94789-5000


LOCALIZAÇÃO

R. General Ozório, 410
Santa Paula
São Caetano do Sul - SP
CEP: 09541-320